quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Bem-Estar:
(Limpeza correta dos ouvidos)

A limpeza dos ouvidos deve ser realizada apenas nas dobrinhas e nunca no conduto ou ‘furinho’, orienta o médico otorrinolaringologista do Hospital Paulista, José Ricardo Gurgel Testa.
Segundo ele, hastes plásticas não devem ser usadas. “Elas podem traumatizar a membrana timpânica, gerando dor, sangramento, infecção ou surdez”, alerta.
Confira mais dicas na entrevista abaixo.
Como cuidar corretamente dos ouvidos?
José Ricardo Gurgel Testa: Quando normais, o ouvido não necessita de cuidados especiais no nosso dia a dia. Recomenda-se evitar a exposição prolongada a ambientes ruidosos, situação que pode causar lesões ao nervo auditivo, ocasionando perda de audição, temporária ou não.
Quando e como fazer a limpeza adequada?
José Ricardo Gurgel Testa: A limpeza dos ouvidos deve ser realizada apenas no pavilhão, ou seja, nas dobrinhas e nunca no conduto ou ‘furinho’. Nossos ouvidos são auto-limpantes. Na maioria das pessoas não há necessidade de limpeza no conduto pelo médico otorrino.
Como limpar os ouvidos das crianças?
José Ricardo Gurgel Testa: Os cuidados são os mesmos dos adultos. Uma toalha macia é indicada.
Quais os procedimentos para se garantir a saúde dos ouvidos?
José Ricardo Gurgel Testa: Evitar ambientes com barulho intenso por períodos prolongados.

Existe algum perigo no uso de hastes plásticas para limpar os ouvidos?

José Ricardo Gurgel Testa: Sim, as hastes não devem ser usadas, já que são rígidas e mais longas do que o meato acústico externo, podendo traumatizá-lo, bem como comprometer a membrana timpânica, gerando dor, sangramento, infecção e até surdez.

Por que os ouvidos, às vezes, entopem de uma hora para outra?

José Ricardo Gurgel Testa: As causas de surdez súbita podem ser várias, desde acúmulo de cerume ou descamação até disfunções da tuba auditiva ou perdas neurais.
Por que em tempos mais secos os ouvidos coçam e/ou entopem?

Por que é prejudicial usar fones de ouvido por horas seguidas?

José Ricardo Gurgel Testa: O volume do som acima de 80 decibéis, dependendo do tempo de exposição, pode acarretar em perda definitiva da audição.

Como “desentupir” os ouvidos após um voo ou descida da serra?

José Ricardo Gurgel Testa: Fazendo movimentos para abertura da tuba auditiva (engolir ou bocejar).

Por que quando ficamos por um longo período expostos a barulhos altos, vamos para casa “meio surdos” e só algumas horas depois a audição volta ao normal?

José Ricardo Gurgel Testa: Os sons elevados podem ser lesivos para a orelha interna e para a audição. Na maioria das vezes esta sensação de surdez é transitória, pois decorre da contração da musculatura da cadeia ossicular e quando ela volta ao normal também a audição melhora.

Ouvidos muito sujos interferem no funcionamento de outras partes do corpo? Por exemplo, a audição reduzida pode comprometer a concentração ou visão?

José Ricardo Gurgel Testa: A perda de audição pode comprometer a atenção e o aprendizado, portanto devemos ter sempre em mente que qualquer perda de audição mesmo pequena deve ser logo avaliada pelo médico otorrinolaringologista.
Por: Garota Blue

Nenhum comentário:

About Me